União de forças e Planejamento Estratégico para revigorar a economia nos 399 Municípios do Paraná
11/05/2020 - 10:50

O secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (SEDU), João Carlos Ortega, responsável ainda por cinco vinculadas – Serviço Social Autônomo (Paranacidade); Coordenação Metropolitana de Curitiba (COMEC); Companhia de Habitação do Paraná (COHAPAR); Paraná Edificações (PRED); e Conselho Estadual das Cidades (ConCidades); faz parte do Grupo de Trabalho para Coordenação de Ações Estruturantes e Estratégicas para Recuperação, Crescimento e Desenvolvimento do Estado do Paraná. O Estado conta R$ 600 milhões de um financiamento contratado junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Gerenciados pela SEDU, os investimentos integram o pacote de ações para auxiliar as cidades paranaenses. “Temos um Planejamento para revigorar a economia e o desenvolvimento, em parceria com os 399 Municípios do Paraná”, assegura Ortega.

Além dos R$ 600 milhões do BID, a SEDU conta ainda com recursos do Sistema de Financiamento aos Municípios (SFM) e do próprio Tesouro Estadual, lembra o secretário. “Vamos buscar e elencar as prioridades de obras nos Municípios, em especial as que gerem emprego e renda em diversas atividades. Há obras de Barracões Industriais, habitações, Escolas, Postos de Saúde, Pronto Atendimento, Capelas Mortuárias, Terminais de Transportes, Ginásios de Esporte, Meus Campinhos e tantas outras que geram emprego e renda para revigorar a economia nos 399 Municípios do Paraná, em todas as Regiões do Estado”, reforça Ortega.

O Grupo de Trabalho para Coordenação de Ações Estruturantes e Estratégicas para Recuperação, Crescimento e Desenvolvimento do Estado do Paraná é coordenado pelo vice-governador Darci Piana e conta com participação multissetorial, formado por representantes de diversas áreas do governo, e com apoio do setor produtivo. Ortega diz que é difícil mensurar a crise. “Mas com essas medidas, sob a liderança do governador Carlos Massa Ratinho Junior e do vice-governador Darci Piana, vamos retomar a economia no Paraná, pois sozinhos, os Municípios não conseguiriam”, enfatiza.

Ortega destaca o trabalho conjunto e a parceria entre todos os segmentos, governo e sociedade. “Essa união de forças vencerá não só a crise, mas também a doença”, acredita o secretário da SEDU.  Para ele, seguindo orientação do governador, o Estado deve tomar à frente da recuperação econômica, com investimento público pesado na área de infraestrutura e na alavancagem de recursos para o setor privado, por meio de financiamentos com juros baixos pela Fomento Paraná e pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

Ortega lembra que o governador orienta para que o Planejamento Estratégico comece a funcionar a partir de agosto, com a perspectiva de uma diminuição nos casos de coronavírus. “Esta é também a oportunidade de trabalhar com a eficiência da máquina pública. Mais do que diminuir o custeio, é necessário também pensar em ações que tornem os órgãos estatais mais eficientes”, determina o governador. Ratinho Junior quer ampliar os investimentos públicos com a execução de obras que geram empregos nos Municípios e tornar a Administração Estadual ainda mais eficiente. “Essas são as principais orientações do governador Carlos Massa Ratinho Junior para retomar o fôlego da economia do Paraná, após a pandemia da Covid-19. E o Grupo de Trabalho já está em ação”, enfatiza Ortega.