A qualificação dos servidores resulta em qualidade e maior produtividade
25/03/2020 - 11:15

A prefeita de Porto Barreiro, Marinez Baldin Crotti, tem como diretriz para a sua gestão a promoção do serviço público de qualidade, em todas as áreas da Administração Municipal. Por isso, durante os seus dois mandatos, viabilizou a capacitação dos servidores. “A qualificação é a base do atendimento de qualidade. Quando um servidor tem o domínio da área em que atua, e entende o setor, oferece mais qualidade e maior produtividade”, afirma.

Essa orientação garantiu, de acordo com Marinez Crotti, as melhorias realizadas no Município por todas as Secretarias. A Saúde, por exemplo, área prioritária na sua administração, alcançou o objetivo de levar qualidade à vida das pessoas. “Trabalhamos no saneamento, na limpeza pública – que estava muito ruim e hoje está exemplar. Os nossos três Postos de Atendimento à Saúde estão reestruturados e ampliados”, exemplifica.

Outras ações de destaque foram a conservação das Estradas Municipais e a organização da Cidade que estava um caos, até o início do primeiro mandato. Mas, faz a ressalva: “tudo é importante, então, tem que cuidar de todas as áreas, sem deixar nada para trás”.

Ao fim de seu segundo mandato, Marinez Crotti, fala em inclusão. Diz que o fato de ser mulher nunca foi problema e que recebeu apoio em todas as faixas etárias, desde as crianças até os mais velhos. “Ser mulher facilita essa aproximação”, enfatiza.

A prefeita vai mais além. Formou um secretariado dividindo, igualmente, os cargos entre mulheres e homens. Com ações inclusiva e agregadora, Marinez valoriza a competência e o desempenho. “Não subestimo a capacidade dos homens. Valorizo a capacidade de todos. Homens e mulheres. Um complementa o outro. Juntos, podemos fazer muito melhor”.

Marinez entrou na atividade pública há 23 anos, quando o marido, José Crotti, foi prefeito por duas vezes. Nesse período, atuou na Administração Municipal e, depois, por sete anos, no Setor da Educação do Governo do Estado. Depois de oito anos afastada, retornou como prefeita. “Na época achamos que já tínhamos cumprido a nossa missão, mas o Município perdeu muito e precisei voltar. Sou daqui, tenho amor pela minha cidade e pela minha gente. Quem é do lugar sente isso mais forte. Trabalhar pela nossa gente, prezar pela qualidade de vida, buscar a prosperidade viraram compromissos”, assegura.