• Godoy Moreira
  • demoday
  • Assinatura Pacto Global da ONU
  • Visita a Fábrica de led na Coreia
  • Congresso Internacional de Cidades Inteligentes
  • Ratinho Junior na Sede da ONU em Nova York

COMEM - Programas e Projetos

Integração do transporte – Sarandi/Maringá/Paiçandu

A integração que vem sendo trabalhada é das linhas metropolitanas de Sarandi e Paiçandu com as linhas urbanas de Maringá. Se daria via passe eletrônico, como já acontece com os passageiros da cidade pólo. Como os perímetros urbanos de Sarandi e Paiçandu estão emendados com o de Maringá, o elevado nível de conurbação justifica por si só a eliminação da tarifa do segundo embarque para quem chega a Maringá, oriundo de uma das duas cidades conurbadas dessa região metropolitana. O processo está em andamento, devendo o Estado, via SEDU, contratar um estudo técnico, de viabilidade da integração do passe.


Trem de Passageiros – Paiçandu/Ibiporã

O projeto vem sendo detalhado no Ministério dos Transportes e está dentro do PAC. Segundo estudos do BNDES, o eixo Maringá-Londrina é um dos trechos mais viáveis do país para o transporte ferroviário de massa.  O trem de passageiros correrá entre Ibiporã e Paiçandu, servindo 15 cidades do Norte do Paraná. O trem será um instrumento importante da política a de integração regional do Governo do Estado.


Arco Sul – projeto de desenvolvimento econômico integrando Paiçandu/Maringá/Sarandi/Marialva

É um projeto de que visa não apenas melhorar o fluxo de tráfego de veículos pelo atual Contorno Sul como também, alavancar o processo de industrialização de Sarandi e Marialva, uma vez que o novo traçado desse contorno, seguiria as linhas de alta tensão, na altura do Conjunto Cidade Alta e sairia no trevo de Marialva. Margeando a linha férrea, passaria por trás de Sarandi, tirando boa parte do tráfego pesado da entrada da cidade e facilitando o processo de industrialização do lado Sul de Sarandi, contemplando também os municípios de Maringá e Marialva. O projeto está em discussão entre gestores públicos da região e do Estado.


Poliduto

Projeto original de extensão do gasoduto boliviano que, vindo de Campo Grande, passaria por Dourados, no Mato Grosso, Maringá e Londrina, no Paraná, seguindo para Araucária, na região metropolitana de Curitiba. Ganhou o nome de poliduto no PAC pelo fato de ser projetado para transportar mais de um produto – em princípio o gás natural e o etanol. A atração desse investimento, superior a U$ 100 milhões é consequência natural da metropolização das duas principais cidades do Norte do Paraná.


Infra-estrutura

A implantação da Região Metropolitana de Maringá cria a perspectiva real de melhoria da infra-estrutura urbana dos municípios que a compõem. Há rubricas específicas para regiões metropolitanas, sendo portanto a de Maringá, um pólo de atração de recursos estaduais e federais para que os municípios do entorno possam se desenvolver , com acesso a recursos geralmente concentrados nas cidades maiores. Entre as maiores demandas estão o asfalto e a coleta e tratamento do esgoto sanitário.


Pró-cidade – Projeto de Desenvolvimento local

É um projeto voltado à descoberta da vocação econômica de cada município-membro. Por meio de ações políticas e administrativas da COMEM – Coordenação da Região Metropolitana de Maringá, cada pequeno município poderia se desenvolver dentro de suas reais potencialidades. Exemplo: Marialva, com a Uva e Santa Fé (que poderá vir a fazer parte da RMM), com a fotografia. 


Economia Solidária

É um projeto voltado à descoberta da vocação econômica de cada município-membro. Por meio de ações políticas e administrativas da COMEM – Coordenação da Região Metropolitana de Maringá, cada pequeno município poderia se desenvolver dentro de suas reais potencialidades. Exemplo: Marialva, com a Uva e Santa Fé (que poderá vir a fazer parte da RMM), com a fotografia.

A economia solidária é uma ferramenta importante a ser trabalhada no sentido de que cada município tenha condições próprias de gerar riqueza e renda e atuar diretamente na redução das desigualdades sociais. A COMEM já desenvolve ações nesta direção , objetivando estimular as administrações municipais a criarem seus núcleos de economia solidária, utilizando-se principalmente do instrumento do cooperativismo.


Meio Ambiente – Fórum Metropolitano Permanente do Meio Ambiente

As principais demandas nesta área são: destinação do lixo urbano e preservação dos mananciais e bacias hidrográficas por meio das matas ciliares. A COMEM já puxa este debate, chegando , inclusive, a criar um fórum metropolitano permanente entre os 13 municípios integrantes da RMM.


Anatel - Integração por ligação local

Foi definida a unificação por telefonia local entre 22 (vinte e dois) municípios de prefixo 44 e  entre 3 (três) municípios de prefixo 43. A integração por ligação local está em vigor desde 16 de maio de 2011.


Contorno de Mandaguari

Foram iniciadas conversações entre a Superintendência Regional do DER, concessionária Viapar, regional do IAP, Prefeitura de Mandaguari e Comem visando a solução definitiva do Contorno de Mandaguari. Na seqüência, está agendado para o dia 14 de junho de 2011, audiência com o Secretário Estadual de Transportes (José Richa Filho), Deputado Estadual - Evandro Junior, juntamente com o Coordenador da Região Metropolitana de Maringá (João Carvalho Pinto), que irão discutir a respeito do tema.


Pavimentação da Rodovia PR 354

Foi retomada a discussão para a possível pavimentação da rodovia PR 354, antiga ligação Maringá - Astorga, começando na estrada da Venda 200 até Astorga, via distrito de Tupinambá.


Duplicação de Paiçandu (PR 323) à Rodovia PR 317

Foi discutido junto a Superintendência Regional do DER, a elaboração do projeto de duplicação de Paiçandu (PR 323) à rodovia PR 317. O projeto já está elaborado e consignado no orçamento de 2011 para execução.


"Cinturão Verde" - Hortifruticultura

Este projeto tem como propósito viabilizar financeiramente a atividade econômica dos agricultores familiares da região Metropolitana de Maringá, através da implantação do cultivo de hortifruti na região e organização de sua cadeia produtiva.


Recomendar esta página via e-mail: