Notícias

26/12/2018

Sedu/Paranacidade bate recorde de obras em nove meses

Silvio Barros, secretário Estadual do Desenvolvimento Urbano, fez um balanço para a Agência Estadual de Notícias, sobre os nove meses em que esteve à frente da pasta no governo Cida Borghetti. Seguem os principais trechos. (Em anexo o áudio da entrevista na íntegra):

- Considerando um período conturbado e curto, tivemos um resultado excepcional. O volume de trabalho é inédito na história da Sedu e Paranacidade.

- Nesse período executamos mais de 2.900 ações que contratamos com os municípios.

- Os recursos liberados somam mais de R$ 1,3 bilhão.

- Fizemos dezenas de reuniões nas associações de municípios e oferecemos muitos cursos de capacitação.

- É preciso ser proativo e abrir uma via de duas mãos. Os prefeitos vieram buscar recursos e nós levamos até eles soluções para alguns problemas.

-  Antes disso fizemos uma autoanálise e concluímos que podíamos melhorar alguns procedimentos para agilizar os processos – e também algumas coisas para que as prefeituras pudessem diminuir a burocracia.

- Oferecemos cursos de capacitação para que pudessem melhorar os projetos. Preparamos os gestores para uma relação muito mais eficaz com o governo do Estado. Além disso, colocamos à disposição deles ferramentas tecnológicas muito avançadas, que vão permitir um planejamento melhor sobre aquilo que o município precisa de fato.

- Também achamos muito importante abrir um canal de comunicação com os prefeitos para explicar porque muitas vezes os projetos estavam voltando. A razão: identificado um problema, é possível corrigir. Melhorou muito o relacionamento profissional, administrativo e técnico entre os nossos escritórios regionais e as prefeituras.

- Foi muito importante também difundir ao máximo a importância de se dar bastante atenção à questão ambiental e mostrar aos prefeitos que o desenvolvimento sustentável é a melhor alternativa para se fazer planejamento e elaborar uma política pública para beneficiar a população.

- Por isso demos muita ênfase à adesão das prefeituras aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, que já tem metas estabelecidas que podem alinhar com as políticas públicas para Educação e Saúde de qualidade, erradicação de pobreza, saneamento, igualdade de gênero.

- Resultado: hoje, mais de 250 municípios do Paraná aderiram aos ODS. Agora precisam colocar em prática.

- Conseguimos difundir a ideia básica de que o dinheiro que o governo disponibiliza aos municípios só faz sentido na hora em que se transforma em obra lá na cidade, em benefício da população. Portanto, agilizar a transferência desses recursos para os municípios é fundamental. É com tecnologia, capacitação e qualidade técnica que nós conseguimos fazer isso e implantar um novo conceito de trabalho. 

Arquivo anexado:

Áudio:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.