Notícias

24/05/2019

Em Cascavel, governador confirma R$ 60 milhões para obras e serviços à população de 36 municípios do Oeste do PR

No encontro com prefeitos, realizado na sede da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (AMOP), Carlos Massa Ratinho Junior afirmou que, os R$ 60 milhões atendem demandas represadas da Região e foram reservados depois das economias realizadas nos primeiros meses de gestão. “São recursos para urbanização, infraestrutura, maquinários e demais obras. Conseguimos nos organizar financeiramente para fazer esses investimentos essenciais aos municípios e sua gente", enfatizou.

Na mesma reunião foram anunciados R$ 474 milhões da Copel para reforço na energia elétrica da Região. “O pacote de investimento nos municípios se soma aos recursos da Copel. A estatal vai investir R$ 836 milhões, apenas neste ano, em distribuição em todo o Estado”, destacou o governador.

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, João Carlos Ortega, destacou que a determinação do Governo é a de que o Estado esteja perto dos municípios. “Da nossa Pasta, os recursos são para renovação das frotas, equipamentos, caminhões, maquinário pesado, construções civis, pavimentação, recape, Parques, Centros de Convivência e Capelas Mortuárias. Os projetos reforçam a Vocação Regional para potencializar a geração de emprego e renda, além da melhoria da vida das pessoas”, afirmou.

O secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, disse que as liberações confirmam que o Estado olha com atenção o Oeste do Estado. “Em cinco meses de Governo, somando todos os investimentos, foram liberados só para esta Região quase R$ 1 bilhão”, afirmou. No Programa Estadual de Revitalização de Rodovias, os lotes na Região somam R$ 332 milhões, informou Alex.

De acordo com Aparecido José Weiller Júnior, prefeito de Jesuítas e presidente da AMOP, os recursos atendem uma das regiões que mais crescem no País. “Ratinho Junior é um governador municipalista, sabe da realidade, das dificuldades e das potencialidades da Região Oeste. Os recursos serão revertidos em prol da infraestrutura das cidades, das zonas rurais, da melhoria de qualidade de vida da população, mas também para fortalecer a agroindústria e o cooperativismo, na região”, destacou.

DESENVOLVIMENTO URBANO O maior volume de recursos foi repassado pelo governador Ratinho Junior a 28 municípios pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas. O conjunto de obras e aquisições é superior a R$ 35,5 milhões. No encontro com prefeitos e deputados estaduais, o governador autorizou licitações e homologações de pavimentação e recape de ruas, reforma de prédios públicos, compra de veículos, de máquinas e equipamentos rodoviários.

Foram beneficiados os municípios de Assis Chateaubriand, Brasilândia do Sul, Cantagalo, Catanduvas, Céu Azul, Corbélia, Formosa do Oeste, Foz do Iguaçu, Guaíra, Marechal Cândido Rondon, Maripá, Medianeira, Mercedes, Nova Aurora, Nova Santa Rosa, Palotina, Quatro Pontes, Ramilândia, Santa Helena, Santa Lúcia, Santa Terezinha do Itaipu, São Miguel do Iguaçu, São Pedro do Iguaçu, Terra Roxa, Toledo, Três Barras do Paraná, Tupãssi e Vera Cruz do Oeste.

Grande parte dos recursos é do Tesouro Estadual, repassados a fundo perdido e alguns projetos serão executados com dinheiro do Sistema de Financiamento aos Municípios (SFM).

Em Assis Chateaubriand, a pavimentação de ruas dos Jardins Araçá e Paraná, no valor de R$ 4,3 milhões, será feita com recursos do Programa Avançar Cidades, do BRDE. Além disso, a Prefeitura investirá, com recursos do SFM, mais R$ 1,4 milhão na conclusão do Teatro e Casa da Cultura. Do total de R$ 5,7 milhões, R$ 599,5 mil são de contrapartida do município.

Santa Terezinha de Itaipu investirá R$ 11,5 milhões com recursos a fundo perdido e também pelo SFM. Serão feitas obras de pavimentação e recape em diversas áreas do Município. Toledo teve homologados editais de licitação que somam R$ 3,59 milhões para reurbanização da Rua Carlos Gomes, pavimentação da Rua Ida Becker e compra de uma motoniveladora e escavadeira.

Formosa do Oeste vai investir R$ 1,17 milhão em pavimentação, compra de um caminhão-pipa e reforma de ampliação do Clube do Vovô. O município de Cantagalo teve homologada a licitação de recape asfáltico, no valor de R$ 1,59 milhão, pelo SFM. E Terra Roxa recebeu autorização para licitar um Centro de Eventos com R$ 3,1 milhões, além de R$ 1 milhão para a revisão do Plano Diretor Municipal.

INFRAESTRUTURA A Secretaria de Infraestrutura e Logística anunciou a liberação de R$ 4,7 milhões para a revitalização das Avenidas Rocha Pombo e Brasil, importantes trechos urbanos em Cascavel. Também foram liberados R$ 550 mil para obras em Diamante do Sul e R$ 1,6 milhão para Francisco Alves.

SAÚDE O governador Ratinho Junior ainda anunciou o repasse de R$ 1,5 milhão, a fundo perdido, para Cascavel adequar o horário de funcionamento dos Postos de Saúde da cidade. Os recursos ajudarão a cidade a colocar em ordem uma demanda represada, afinal o Município passou por surtos recentes de gripe, dengue, além de um desconforto que fez com que as pessoas tivessem problemas intestinais. “Vamos poder esticar o horário de alguns postos de saúde. É uma ação temporária, de quatro a cinco meses. Esse dinheiro será aplicado para deixar tudo no seu ritmo normal”, afirmou o prefeito Leonaldo Paranhos.

Cascavel também recebeu R$ 750 mil para a construção da Unidade Saúde da Família do Bairro Morumbi, com capacidade para atender uma Região com mais de 10 mil moradores. Foz do Iguaçu terá R$ 750 mil de recursos do Estado para a construção de uma nova Unidade Básica de Saúde e São Miguel do Iguaçu recebeu R$ 611 mil para adequação e ampliação da Unidade Básica de Saúde São Jorge.

No total, foram repassados, na modalidade fundo a fundo, R$ 13,4 milhões para reforma, ampliação e aquisição de equipamentos na área da Saúde para 26 Municípios.

SANEPAR No mesmo evento, o presidente da Sanepar, Cláudio Stabile, assinou termos aditivos que conferem bonificação de 50% nas tarifas de água e esgoto dos prédios públicos municipais de Santa Helena, Missal e Serranópolis do Iguaçu. Também foi assinado um Termo Aditivo, com São Jorge do Oeste, para que a Sanepar passe a cobrar nas faturas a taxa da coleta de lixo da cidade. Os recursos somam R$ 3,8 milhões.

PRESENÇASEstiveram presentes no evento da AMOP os secretários da Saúde, Beto Preto; do Planejamento, Valdemar Bernardo Jorge; o presidente da Cohapar, Jorge Lange; o presidente da Copel, Daniel Slaviero; os deputados federais Schiavinatto e Sérgio Souza; os deputados estaduais Hussein Bakri, Marcel Micheletto, Alexandro Amaro, Márcio Pacheco, Coronel Lee, Élio Rusch, Wilmar Reichembach, Professor Lemos e Nelson Luersen; além de prefeitos, vereadores e lideranças daquela Região do Paraná.


(Com AEN)

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.