Notícias

27/05/2019

Infraestrutura urbana leva mais qualidade de vida aos municípios paranaenses

A criação de 400 empregos diretos em um município com cinco mil habitantes é exemplo do quanto o investimento em infraestrutura urbana de qualidade ajuda na transformação da vida das pessoas. É o que acontece em Prado Ferreira, município da Região Norte do Paraná, a 60 quilômetros de Londrina.

A obra, contrapartida do município para a atração de uma indústria de baterias e peças plásticas, é a pavimentação de 1,1 km da Avenida Marginal Ari Rodrigues Dias, entre o trevo da cidade e a entrada da fábrica. A sua execução foi autorizada pelo Governador Carlos Massa Ratinho Junior no último dia 14 de maio, em solenidade realizada no município de Sertaneja, quando também foram beneficiados outros municípios.

Os recursos para a obra, de um total de R$ 1.168 mil, são compostos por R$ 700 mil em Transferência Voluntária da Secretaria do Desenvolvimento Urbano e Obras do Paraná (SEDU), com contrapartida municipal de R$ 468 mil.

“A fábrica já está em funcionamento, com os primeiros 100 trabalhadores já empregados. Só essa empresa, quando estiver em pleno funcionamento, oferecerá trabalho para quase 10% da população. Temos outras indústrias no município que geram outras 250 vagas formais”, destaca o prefeito Silvio Antonio Damaceno.

 “A boa infraestrutura urbana é fundamental na atração de investimentos para gerar empregos e melhorar a vida das pessoas. O que está acontecendo em Prado Ferreira se repete em diversos municípios paranaenses. É a SEDU cumprindo o seu papel e cumprindo as determinações do governador Ratinho Junior de promover melhorias na vida dos trabalhadores e das suas famílias”, afirmou o secretário Ortega.

OUTRAS DEMANDAS - Nesta segunda-feira, 27, Silvio Damaceno voltou à sede da SEDU, para se reunir com o secretário João Carlos Ortega. O motivo do encontro foi o de apresentar solicitação de recursos para mais duas obras: a construção da Casa da Cultura do Município e a pavimentação de mais 1,2 km da mesma Avenida para facilitar o acesso às demais empresas do setor industrial da cidade.

Prefeitos de outros municípios apresentaram projetos de liberação de recursos para ações de melhoria na infraestrutura voltadas para a geração de emprego e renda. Foi o caso do prefeito de Santa Inês, Bruno Vieira Luvisotto. Ele pleiteia a construção de barracões para abrigar empresas e para a construção do Paço Municipal. “Temos, ainda, um programa municipal para a expansão da pesca no Rio Paranapanema, com a implantação de mil tanques-rede. A produção deverá acontecer ainda em 2019”, disse.

O prefeito de Guaíra, Heraldo Trento, por sua vez, buscou recursos para a revisão do Plano Diretor do Município, uma das condições legais para solicitar recursos estaduais e federais. Confiante na abertura das lojas-francas (o município é um dos 33 de todo o país beneficiados pela Lei 12.723/2012 que permite a comercialização de produtos importados em regime especial, por ser cidade-irmã da vizinha Salto Del Guayrá, do Paraguai), Trento falou sobre uma nova fase no desenvolvimento do município. “Será um período com aquecimento da economia local maior até que no período em que tínhamos as Sete Quedas. E voltaremos à SEDU em busca de recursos para viabilizar novos projetos”, disse Heraldo.

Outros prefeitos que estiveram com o secretário e o diretor geral da SEDU, Chico Santos, para acompanharem o andamento ou a apresentação de novos pedidos de recursos foram os prefeitos de Florestópolis, Nelson Correia Junior; de Palmas, Kosmos Nicolauou; de Francisco Beltrão, Cleber Fontana; de Curiuva, Natanal dos Santos; e, de Teixeira Soares, Lucinei Thomaz, o Lula.

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.